O desafio Code Week 4 All incentiva os participantes a ligarem as suas atividades a outras organizadas por amigos, colegas e conhecidos para, juntos, conquistarem o Certificado de Excelência da Semana da Programação. 

Integrados no projeto eTwinning My Science Planet, aceitamos este desafio e iremos também dinamizar atividades "Coding Unplugged", isto é, atividades que incentivam e desenvolvem o pensamento computacional, mas sem recurso a computadores ou telemóveis. 

As atividades a desenvolver centram-se em temáticas ciência e integram o projeto eTwinning em que colaboram várias escolas europeias (Turquia, Finlandia, Grécia, Itália, Jordândia, Letónia, Portugal, República da Macedónia, Roménia e Servia). Algumas destas escolas integram este desafio Code 4 ALL partilhando connosco o código scienceplanet. 

No presente ano letivo vamos dar início a dois projetos eTwinning com alunos do 3º ciclo: "Green Environment" e "My Science Planet". Ambos os projetos são dedicados a temáticas de Ciência (Física, Química e Biologia) e de Educação Ambiental e envolvem escolas de vários países. 
O projeto "My Science Planet, envolve maior número de escolas e países: Finlândia, Itália, Jordânia, Letónia, Portugal, República da Moldávia, Roménia, Sérbia e Turquia. O projeto "Green Environment" estão envolvidas menos escolas: França, Portugal, Roménia, Sérbia, Eslovénia e Turquia.  

Foi atribuído ao Agrupamento de Escolas D. Maria II o Selo de Qualidade 2020 pelo Projeto Chemistry Behind Bread. Este projeto foi desenolvido em parceria com escolas de Portugal, Espanha, Grécia, Arménia, Jordânia, Turquia, Roménia e França. O projeto foi desenvolvido pelos alunos do 9º B que integram o Clube Ciência Viva, coordenados pela professora Elisa Saraiva. 

A avaliação realizada pelo Serviço Nacional eTwinning enalteceu os pontos fortes do projeto, destacando-se os seguintes:
  • O tema do projeto foi considerado muito interessante e a metodologia adequada à faixa etária dos alunos em causa. 
  • Constatou-se uma boa articulação entre os professores dos diferentes países e uma participação ativa na tomada de decisões relativamente às atividades a realizar. 
  • Os alunos envolveram-se muito no projeto realizando pesquisas, visitas de estudo e investigações aliadas a uma avaliação constante ditada pelas questões que foram sendo colocadas no twinspace. 
  • O produto final é muito completo e permite uma análise global do trabalho realizado ao longo do projeto.
  • Foi realizada uma avaliação conjunta pelos parceiros e uma recolha de opiniões aos alunos.
  • Tratou-se de um projeto muito bem conseguido e uma mais valia para os alunos, professores e pais.
O projeto fica agora a aguardar a atribuição do Selo de Qualidade Europeu, uma vez que já recebeu selos nacionais em mais do que um dos países envolvidos.